COVID-19 Medidas e Informações

Inovação Aberta

A existência na cidade de um eco-sistema empreendedor muito diversificado (incubadoras, startups, aceleradores, empresas, fablabs e hubs criativos), tem contribuído fortemente para uma atmosfera de constante inovação.

O Município de Lisboa tem vindo a desempenhar um papel fundamental na promoção de vários projectos constituindo-se deste modo, não só como promotor de inovação mas também como mediador entre todos os actores da cidade – Universidades, empresas, Estado e cidadãos – em projetos de inovação colaborativa – Inovação Aberta.

As iniciativas municipais SMART OPEN LISBOA e LISBOA ROBOTICS são excelentes exemplos de uma estratégia que visa tornar Lisboa num laboratório aberto de inovação.

O Smart Open Lisboa (SOL) é um programa promovido pela Câmara Municipal de Lisboa, e é o principal programa de inovação aberta para a cidade. É um programa que se centra na inovação e em parcerias.

O objetivo é encontrar startups com soluções para os problemas desafios identificados pelos parceiros do programa e, em co-colaboração, realizar os pilotos dessas soluções na cidade. A cidade é disponibilizada, como um laboratório de inovação aberta, com equipamentos e espaços públicos.

As startups têm assim a oportunidade única de aceder e ter o apoio de grandes empresas na validação das suas soluções, usando dados reais num ambiente real.

A última edição deste programa, iniciada em 2018, organiza-o e estrutura-o num formato de verticais com temas específicos e destinados a responder a desafios chave da cidade. O primeiro vertical trabalhado foi a mobilidade – Sol Mobility-,  seguido pelo SOL Housing, no qual serão desenvolvidos e testados projectos em torno do imobiliário, da construção à gestão, passando pelo projeto e promoção.

O Cluster da Robótica de Lisboa, Lisboa Robotics, lançado a 24 de Fevereiro de 2017, é um projeto liderado por um conjunto de entidades, entre as quais a Câmara Municipal de Lisboa, o Instituto de Sistemas e Robótica do Instituto Superior Técnico e a Sociedade Portuguesa de Robótica, com o objetivo de federar os atores deste ecossistema e contribuir e também acompanhar o desenvolvimento e a promoção da Robótica na cidade de Lisboa. Este projeto conta já com mais de 30 parceiros.

O Programa estratégico do Lisboa Robotics inclui o desenvolvimento, por fases, dos seguintes eixos:

  • a constituição de uma rede de Hotspots, espaços para testes e experimentação em ambiente controlado na cidade;
  • a ativação de um Think Tank, grupo de reflexão sobre as principais questões que se colocam com o desenvolvimento da Robótica, nomeadamente de ordem ética, legal e societal;
  • acriação de Living labs, zonas/espaços da cidade onde será possível conviver e interagir com robots;
  • acriação de uma incubadora para a Robótica, que funcione como estrutura de apoio e dinamização do sector.

Com o projeto Lisboa Robotics, a cidade quer acompanhar e estar preparada para o inevitável desenvolvimento do sector da Robótica e as mudanças que o mesmo vai implicar num futuro próximo.